domingo, 23 de maio de 2010

Jeitinho de criança


Mas eu sei que devo seguir em frente
Embora doa eu devo ser forte
Porque dentro de mim, eu sei que muitos sentem-se desse jeito

Crianças não parem de dançar
Acredite! Você pode voar
Para longe... bem longe


( Don’t stop dancing- creed)


Uma eterna criança, que acredita que um dia vai poder voar, acredita nos contos de fadas e não vê maldade nas coisas.
Uma criança que apesar de todos os problemas vê sempre algo bom, que confia no amiguinho sem nem o conhecer,que faz amizade facil, que vê a solução mais simples em tudo sem nem pensar muito.
A criança que faz as pazes após cinco minutos, que faz birra por qualquer coisinha boba, que chora e faz cara feia, mas que dá altas e intermináveis gargalhadas.
A criança que pula na cama elástica, que brinca de pega-pega, que canta e dança sem vergonha, que cai se machuca e se levanta como se não fosse nada, que mexe em tudo o que vê pela frente.
Criança curiosa que quer descobrir o mundo, criança medrosa que tem medo do escuro do lobo mal e do bicho papão.
Criança ingênua e inocente, criança que acima de tudo só quer sonhar e acreditar num mundo melhor.

2 comentários:

Kevllyn Z. disse...

aii amigaa como a gnt podia ser sempre criança! lindo,amei

Bidy disse...

Mi, ser criança é tudo de bom!!
É colecionar melhores momentos. Todo dia é o mais feliz das nossas vidas!!
Ser criança é o que a gente nunca deveria deixar de ser e é assim que me sinto quando te vejo.
Sinto que posso voar quando você sorri e tudo de mal que esteja me incomodando desaparece.
Você é muito especial pra mim.
Um beijo, de coração.